Sublime Text

Eu nunca fui muito fã de IDEs. Usei por um bom tempo o Eclipse e mais recentemente o Netbeans, ambos para programar em PHP. Apesar de reconhecer a utilidade da maioria dos recursos, como o autocomplete quase milagroso do Netbeans, não gosto muito da abordagem “uma ferramenta integrada para tudo o que você precisar”, principalmente pelo grande consumo de memória e processamento que isso acarreta. Eu me considero mais “Unix style” neste caso, no sentido de usar várias pequenas ferramentas, cada uma específica e que faz o melhor para resolver determinada tarefa. Por isso uso o Cornerstone para gerenciar os repositórios SVN, o cliente do Github, o terminal do Mac para rodar os testes unitários e um bom editor de programação. Até recentemente meu editor preferido era o Textmate, mas como ele está bem parado no tempo (a versão 2 ainda está longe) eu testei algumas alternativas (Chocolat, Espresso, TextWrangler) e acabei adotando o Sublime Text como meu editor favorito. Alguns dos motivos:

Neste vídeo é possível ver ele funcionando:

[youtube:http://www.youtube.com/watch?v=3L9OH6trI90]

É um aplicativo que realmente vale cada centavo pago. Ele custa 59 dólares, mas a licença permite que você use as versões para todos os sistemas operacionais, para a versão 1 e 2, e para quantas máquinas quiser. Também é possível baixar a versão trial para testes, e até onde testei não tem bloqueio, somente aparecem avisos pedindo que você compre. Vale o teste e também a compra.

Alguns links com dicas para aprimorar o uso do editor, com plugins e themes:

http://www.rockettheme.com/magazine/1319-using-sublime-text-2-for-development http://www.designkode.com/blog/sublime-text-icon http://www.markdotto.com/2011/09/09/coding-with-sublime-text-2/ http://net.tutsplus.com/tutorials/tools-and-tips/sublime-text-2-tips-and-tricks/